Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Comprar na baixa e vender na alta: uma mentira que induz ao erro

Comprar na baixa e vender na alta é talvez a maior obsessão do investidor pouco instruído. Ele acredita que, para conquistar seu sucesso como investidor, esta seja a fórmula do sucesso. Particularmente, não nego a possibilidade de sua execução, mas afirmo com toda certeza que a imensa maioria dos métodos utilizados para tal simplesmente não funcionam, nem mesmo na teoria.

Existe uma grande carência em educação financeira no Brasil, e isso acaba pesando a responsabilidade dos que assumem o papel de educar. Infelizmente, a maioria dos educadores financeiros brasileiros estão mais preocupados em ganhar dinheiro que com a qualidade da informação que disseminam, e pouco se importam com os estragos que podem causar. Na ausência de educadores de qualidade, mentiras são propagadas com maior facilidade, e a busca por conhecimento se torna um caminho repleto de armadilhas.

Mostro um exemplo para justificar o que digo. Resgato um artigo antigo escrito pelo André Fogaça, fundador do GuiaInvest, um dos principais sites de investimentos do Brasil – aliás, um bom site. Poderia pegar outro exemplo, mas acredito que este este seja o mais emblemático pela visibilidade que o site GuiaInvest possui e pela quantidade de pessoas que este artigo pode ter influenciado.

Clique aqui para ler a íntegra.

Como pode-se observar, André escreveu este artigo apenas para ganhar visitas em seu site, o que não é nenhum problema, desde que o conteúdo não seja uma farsa e nem induza os seus leitores ao erro. Como se propõe a educar financeiramente, ele deve sim arcar com o peso de sua responsabilidade, que poderá construir ou destruir poupanças de uma vida de trabalho.

Vamos ao artigo, que se prova um embuste desde o título.

"Como comprar ações na baixa e vender na alta em 5 passos (Garantido!)”

Vejam que, não bastasse o título principal, entre parênteses ainda é reforçada a infalibilidade do método. Isto é apenas uma técnica de marketing usada para causar uma falsa sensação de segurança no leitor. É um engodo, pois na verdade este método não é garantido por ninguém; ninguém irá ressarcir prejuízos caso venham a acontecer e não existe nenhuma prova teórica de que ele funciona. Aliás, não funciona.

“Será que existe uma maneira de fazer isso de forma consistente ao longo do tempo?
A boa notícia é que existe, sim, um método e ele é mais simples do que você imagina. (…)

O resultado de comprar ações na baixa e vender na alta faz parte da estratégia conhecida por Alocação de Ativos.

Esta estratégia busca melhorar a relação risco x retorno da sua carteira de investimentos por meio da diversificação em cada classe de ativos.”

A “estratégia de alocação de ativos” descrita é basicamente definir um percentual para cada aplicação e usá-lo como parâmetro de alocação desejada ao longo do tempo. Esta prática pode trazer vários benefícios para o investidor, mas, diferente do que está afirmado no artigo citado e em vários outros, ela definitivamente não garante que  ninguém compre na baixa e venda na alta.

Seguindo em frente no texto, são apontados cinco passos para se “comprar na baixa e vender na alta”, conforme abaixo:

Passo 1: Definir o seu perfil de investidor
Passo 2: Escolher os Ativos para cada categoria (Renda Fixa e Renda Variável)
Passo 3: Definir o percentual para cada Ativo dentro de cada categoria
Passo 4: Reequilibrar com aportes mensais, caso os tenha
Passo 5: Reequilibrar periodicamente

E vejam só o que se lê no último passo:

“Esta é a parte mais importante da estratégia. É aqui que acontece a “mágica” de comprar ações na baixa e vender na alta."

André Fogaça está afirmando que uma “mágica” acontece quando se reequilibra periodicamente os ativos. E explica a tal magia em seguida:

“Digamos que você começou o ano com a seguinte composição da sua carteira de investimentos: 30% em renda variável e 70% em renda fixa. Após 6 meses, a composição passou para 40% em renda variável e 60% em renda fixa.

Neste caso, para reequilibrar sua carteira, você deverá vender 10% da parcela de renda variável e comprar 10% de renda fixa. Assim, sua carteira voltará à composição inicial de 30% em renda variável e 70% renda fixa. Perceba que, nesse caso, você estará vendendo ações na alta.

Agora, digamos que aconteça o oposto. No mês 1 você começa com 30% em renda variável e 70% em renda fixa. E digamos que, no mês 6, a sua carteira estará com 20% em renda variável e 80% em renda fixa.

Neste caso, para reequilibrar sua carteira, você deverá vender 10% da parcela de renda fixa e comprar 10% em renda variável.

Assim, sua carteira voltará à composição inicial de 30% em renda variável e 70% em renda fixa. Perceba que neste segundo exemplo você estará comprando ações na baixa (sexto mês).

Se fizer isso ao longo do tempo, você vai estar sempre comprando ações na baixa e vendendo na alta. Simples assim.”

Simples assim. Por isso temos legiões de milionários que construíram suas fortunas seguindo o método acima. Não é mesmo?

Mas é claro que não. Este argumento é apenas mais um dos vários sofismas financeiros. Ele não funciona nem nunca funcionará simplesmente por partir de uma premissa falsa: a de que o mercado oscila para cima e para baixo ao longo do tempo em torno de uma linha média. Isto não acontece porque o capitalismo permite a criação e destruição de valor em massa. E é exatamente este poder que permite ao investidor ganhar rios de dinheiro ao longo do tempo.

Imagine um investidor que tivesse comprado ações do Google, Facebook, ou qualquer empresa que obteve um crescimento avassalador ao longo do tempo. Se utilizasse a estratégia infalível do sr. André Fogaça, este investidor teria se desfeito de todas suas ações ao longo do tempo, obtendo uma lucratividade drasticamente inferior a que teria obtido caso mantivesse suas ações. É precisamente isto que esta estratégia, quando executada de maneira automática e irracional, pode fazer: destruir o potencial de nossas melhores ações.

Para finalizar, dou-lhes uma preciosa dica: não levem a sério textos acompanhados de uma foto sorridente do autor. Pode ser inadequado em alguns casos, mas na esmagadora maioria funciona (garantido!).

12 comentários:

  1. Ola PM.

    Se escrever 'garantido' em renda variavel, nao e renda variavel e nem e 'garantido' rsrs.

    O ruim e saber que muitas pessoas vao cair nesta, e encher o bolso do autor de dinheiro.

    Seu exemplo foi claro, vender o que esta bom para aportar no que esta ruim. Qual a logica disto?

    Por isto um bom site como o do Bastter tem pouca divulgacao e acessos perto destes, pois um metodo que consiste em comprar e deixar o ativo parado para sempre (salvo se os fundamentos mudarem) nao gera corretagens, compra de cursos, impostos, ou seja, nao faz a 'roda dos espertos' girar.

    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VDC,

      Exatamente. Esta estratégia não faz o menor sentido. E sim, muitos caem na falácia, de fato. Dê uma olhada nos comentários abaixo do artigo citado e tire suas próprias conclusões.

      Quanto ao Bastter, tenho várias críticas a fazer em relação à sua chamada "filosofia de investimento", mas absolutamente nenhuma acerca do seu trabalho de educação financeira, que é extraordinário e único no Brasil. Além de ter o melhor site, tem produtos de ótima qualidade e um conteúdo vasto e muito esclarecedor para o investidor iniciante. É tanta informação de qualidade reunida que o Bastter chega a pecar apenas pela falta de uma organização mais clara. Até hoje de vez em quando eu encontro umas áreas ainda nunca acessadas por mim no site dele.

      Se tivéssemos mais uns trinta como ele, com certeza a realidade brasileira seria diferente.

      Abraços.

      Excluir
  2. A não ser que o cara tem o poder de adivinhar o futuro, acho muito difícil da pessoa acertar o momento certo para compra e venda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conheço ninguém com este poder, Beto, rs.

      Abraços.

      Excluir
  3. Nunca vi um cara rico de verdade falando que qualquer coisa é garantida. As únicas coisas garantida são a morte, e o fracasso de quem acredita que vai acertar sempre.

    ResponderExcluir
  4. Qual sua atual carteira de ações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Não tenho intenção de divulgá-la.

      Abraços.

      Excluir
  5. Falaa Pretenso Milionário!

    Excelente post, é incrível como o senso comum entra na cabeça das pessoas e se torna uma verdade incontestável.
    Valeu pela visita no post da dieta, te adicionei ao meu roll!

    Bons ganhos e um grande abraçoo!

    ResponderExcluir
  6. Gostei dessa --- Qual sua atual carteira de ações?

    ResponderExcluir
  7. Existe esse http://plataforma.penserico.com que também é excelente. estão com uma ótima estrutura, valeu a pena dar uma olhada.

    ResponderExcluir