Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 4 de abril de 2017

Fechamento - Março/2017: R$ 82.986,33 (+R$ 3695,24 ou +4%)

Seguindo o acompanhamento da carteira, desta vez mais rápido que o habitual.

No geral, um bom mês, em todos os quesitos. Mas vamos aos números:

1- Evolução patrimonial





O patrimônio apresentou mais uma bela subida, chegando aos R$ 82.986,33, distanciando-se ainda mais da projeção feita há três anos para este mesmo mês. Nada muito impressionante, porém também não é de se desprezar. Os primeiros R$ 100 mil vão se aproximando e será uma marca significativa, afinal de contas, pouquíssimos brasileiros têm a oportunidade de ver em vida um patrimônio líquido deste tamanho. Mas claro, perto dos objetivos de longo prazo, R$ 100 mil são apenas uma nota de rodapé.

2- Comparativo de rentabilidades

Mais uma boa rentabilidade, de 1,87%, deixando a carteira pela primeira vez ligeiramente acima do CDI. Também não é grande coisa, principalmente porque o Ibovespa, apesar de uma desvalorização neste mês, ainda estar consideravelmente à frente.

Abaixo, os valores compilados:

Rentabilidade mensal: 1,87%
Rentabilidade anual: 12,67%
Rentabilidade histórica: 22,64%

3- Aportes mensais

Um aporte razoável (para os meus padrões), ligeiramente acima da meta. Provavelmente este será um ano sem muitas surpresas neste quesito: estagnado em valores, porém consistente.

Estou inclinado a direcionar 50% dos aportes mensais à renda fixa pelos próximos meses, por não estar muito confortável com os preços da maioria de minhas ações. Isso que não quer dizer que creio que estejam caras, mas sim com margens de segurança abaixo do que considero ideal. As que estão em patamares razoáveis ou bons, já possuo considerável exposição. Portanto, desta maneira continuaria aportando em ações, porém paralelamente construindo uma reserva em liquidez afim de esperar alguma oportunidade (que pode inclusive não estar relacionada ao mercado de ações). 

Divulgados os relatórios anuais, também é hora de analisar minuciosamente o desempenho de cada uma das empresas da carteira e das empresas de fora que acompanho. É um trabalho considerável, mas creio que uma vez por ano é o mínimo aceitável para alguém que se arrisque a escolher as próprias ações.

Seguimos em frente!

8 comentários:

  1. Só subindo o patrimônio em Pretenso!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo crescimento. ´
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Tenho comprando muito setor financeiro, avisto enorme potencial de lucros com reativação da economia, também estou de olho no setor de varejo.




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre,

      São exatamente os dois setores que eu estou pesadamente carregado. Cerca de 60% da carteira, não dá para comprar mais, rs.

      Excluir
  4. Parabéns pelo crescimento patrimonial,

    Também faço a leitura dos resultados anuais nesta época do ano, é trabalhoso mas é necessário para refletir sobre a sua estratégia.

    Abraços

    ResponderExcluir